sábado, setembro 03, 2011

G.

"É como a velha banda de rock. Não acredito que The Beatles eram caras politicamente corretos, mas cantavam sobre o amor. E quando apontavam seus erros, é o fato: Artista querendo gritar ao mundo que estão entendendo tudo errado. – Hora de morrer. (...) 
Antes da morte. A dica para sua sobrevivência: Não existe perfeição. Ninguém é perfeito. Se vais julgar o mundo por cada erro, morrerá de venenos. – Eu descobri por fim que, odeio pessoas que só sabem criticar. Que o diabo as carregue! Também odeio pessoas sérias demais... Desconfio do extremamente feliz e extremamente triste. Ninguém é perfeito, nem na dor. – Respeitem meu sétimo dia." 

 (A.M.D.M.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário