segunda-feira, janeiro 09, 2012

A.

PÉTALA POR PÉTALA
Novo Millennium, 2005
Chico César



‎"A sua falta me fez ver,
O que de mau a vida pode ter.
E a sua volta me dá mais,
De todo o mel que eu ousaria querer.

Sua presença me faz rir,
Nos dias feitos pra chover.
Nao há revolta pra sentir,
Nem há milagre pra não crer.

Vinda que finda,
A tinta de pintar tristeza.
E deixa os mistérios plenos de sentido,
A flor da vida toda.

Pétala por pétala,
Que um tolo pode colher.
Sem saber que é amor...

Vem e aumenta em mim,
O único que sou.
E subtrai do que em mim passou.
É amor, vem..."