quinta-feira, março 22, 2012

CUIDA DO TEU SORRISO

"Reza pelo teu José, menina!"


Dói, eu sei que dói. Mas não foi para ti, menina, que eu sempre contei sobre as voltas do mundo? O tempo é a cinza que não para de queimar. Contenha-se. Respire fundo e lembre-se que amanhã é um novo dia. – Hoje, menina, eu lhe dou a permissão de chorar, espernear e ficar brava com Deus. Deus aguentará os teus desabafos e entenderá a sua dor. Mas, amanhã, amanhã menina, tu irás acordar e colocar um sorriso no rosto, querendo ou não, irás fingir que está tudo bem e continuar os teus passos pela vida.
Amanhã irás agradecer pelo que lhe foi tirado hoje, e entenderá que, na verdade, não foi uma perda. Exatamente tudo que entra e sai de nossas vidas, acontece por algum motivo. Saiba sugar os detalhes de tudo aquilo que vem e vai com o vento. Nada de choros ou lamentos, prepare-se para o que está por vir, e deixe ir embora o que ficou para trás.
O segredo do sorriso humano é abstrair. É preciso não se deter demais ao tema, pontuar o texto e virar a página. Não deixe que a tristeza torne-se uma obsessão, porque nós temos a capacidade de nos acostumar com a dor. – Cria coragem, menina! Não se contente com as lágrimas, alimente somente o que te faz bem.
Muitas vezes é preciso buscar um tempo só para nós. Quando estamos passando por uma situação difícil, costumamos analisa-la de dentro, conforme sentimos, conforme podemos enxergar. Porém, é bom olharmos de fora, aceitar os nossos erros e nossos enganos, e virar a mesa.
O mais difícil nunca foi aceitar nossos erros e, sim, aceitar os nossos enganos. Admitir o quanto fomos tolos é a destruição natural do ego humano. Ninguém é forte o suficiente para não se importar quando descobre-se as mentiras vindas da pessoa amada. Ninguém é Deus, todos somos humanos pequenos e frágeis.
Cuida do teu José, menina. Lembra-te de José? José foi o homem que amou Maria mesmo sabendo que o filho que ela esperara não era dele. Amou, cuidou, respeitou e honrou Maria nos momentos bons e ruins. Foi companheiro leal e fiel. Foi amor abençoado por Deus. – Assim como Maria, todos nós temos o nosso José. Reza, menina, reza! Reza para que Deus coloque o teu José em sua vida!
E, entenda o que sempre lhe deixo, tudo o que entra e sai de sua vida é por vossa conta. Se saiu e você sente saudades, você deixou ir. Se entrou e lhe fez mal, você deixou fazer parte. – Não adianta se rebelar contra a vida. Tem que deixá-la agir e tem que cuidar do vosso caminho. Deixa as coisas novas virem, menina. Deixa o futuro dizer...
Assim como a felicidade não dura, a dor vai embora também. Abençoe o clichê, mas, a vida é feita de momentos. O importante é saber que esses momentos tem validade e não se deixar levar demais por eles. Tem que ir levando, menina. Tem que se colocar num pedestal e recusar-se às fraquezas. Tem que se fazer forte e, como num processo natural, tornar-se forte.
Espera o amanhã chegar e constrói mais chances para sorrir. Porque o sorriso é o único remédio que não custa nada, não causa esforço e ninguém poderá tirá-lo de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário