domingo, março 02, 2014

03-2014

"Os únicos presentes no mar são golpes vigorosos e ocasionalmente a chance de sentir-se forte. Claro, eu não sei muito sobre o mar, mas sei que é assim que é aqui. E também sei como é importante na vida, não necessariamente ser forte, mas sentir-se forte. Para se testar ao menos uma vez. Pra passar pelo menos uma vez pela mais antiga das condições humanas, enfrentando desafios sozinho, sem nada para ajudá-lo. Exceto as mãos e a cabeça."

 Na natureza selvagem, Into the Wild, 2007